quinta-feira, 5 de maio de 2011

Cólica em bebês


O assunto sobre cólica em bebês é algo que toda mãe deve e precisa saber, para poder lidar com a situação da melhor forma possível. Alguns bebês reagem a algumas; alguns (infelizmente) não reagem a nenhuma. Com isso informações sobre o assunto sempre são bem vindas.


Quando seu bebê tem cólicas muitas dúvidas pairam pela nossa cabeça. Nem todos os bebês tem cólicas. E tentar entender o bebê é superi mportante. Alguns bebês continuam a chorar mesmo após terem sido alimentados satisfatoriamente e estarem quentinhos e confortavelmente instalados no colo da mãe. Esse choro irritado pode ser causado por uma cólica dolorosa que não pode ser sanada com facilidade. O bebê mostra que há fortes cólicas intestinais, encolhendo as perninhas e soltando gases, fica com o rostinho vermelho.

Algumas dicas para aliviar as cólicas:

     Deitá-lo de bruços;
         Embalá-lo;
         Passear para distrair;
         Aquecer a barriguinha(com o próprio corpo, bolsa de água norma entre outras opções)
         Banho de Balde.


    Porém essas medidas  ajudam somente momentaneamente. Quase sempre esses bebês deixam de ter cólicas por volta dos 3 meses. 
Se estiver amamentando, tente eliminar da sua dieta alimentos que produzam gás, inclusive couve-flor, brócolis, couve-de-bruxelas, pepino, pimentão verde e vermelho, cebola, favas e leguminosas. Outros alimentos na dieta da lactante que podem contribuir para a ocorrência de cólica incluem leite de vaca, banana, frutas silvestres, e qualquer coisa que contenha cafeína.
 
Se seu bebê com cólica toma mamadeira, sua fórmula pode estar causando o problema. Pergunte ao seu médico se é aconselhável usar uma fórmula infantil diferente.
No entanto se o choro é muito angustiado e contínuo pode ser necessário consultar o médico. Talvez ele possa indicar um remédio, mas será somente paliativo, como um analgésico ou antiespasmódicos. 
Outra dica muito importante, é diminuir o estresse e a tensão, tanto o seu, quanto do seu bebê pois isso pode contribuir para a cólica e piorar o problema. Se sentir que sua frustração está fugindo de seu controle, converse com um profissional de saúde. Busque apoio emocional e terapia. No meio de um choro relacionado à cólica, experimente várias sugestões. Como eu disse anteriormente alguns bebês reagem a algumas; alguns (infelizmente) não reagem a nenhuma.

Mais informações:

Raquel Fernanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, estou imensamente grata pela sua visita.
Deixe seu comentário, o seu olhar também melhora o meu.
Forte abraço,
Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...