domingo, 13 de novembro de 2011

Banho de balde para bebês.



Ana Luiza com 1 Mês



Essa é a nova moda entre as mamães mais “descoladas” – substituir a banheira pelo balde na hora de dar banho no bebê. Mas quais são as vantagens, os benefícios desta troca?

Os especialistas afirmam que o contato com a água faz os bebês se lembrarem do ambiente uterino (que era quente, escuro, seguro), mas ao perceberem que estão num ambiente claro e aberto, ficam tensos e tendem a “protestar” contra o banho. Que mãe nunca presenciou o choro do bebê logo ao colocá-lo na água do banho? Observando isso, pediatras e parteiros holandeses criaram, em 1997, um baldinho que minimizasse o trauma do bebê com a experiência do banho e as “memórias” do útero.

Assim surgiu o banho de balde, que, para os pequeninos (até 6 meses de idade) funciona como um mini-ofurô, em que ficam em posição fetal e podem relaxar mais facilmente.
O balde simula o útero materno e diminui o desconforto do bebê na hora do banho. Obviamente, antes de optar pelo banho de balde, é fundamental consultar o pediatra.

Há modelos no mercado já próprios para o uso – são feitos com material atóxico, possuem base antiderrapante e são um pouco maiores do que o tamanho normal. Mas as mães podem optar por um balde comum, tomando os devidos cuidados de higienização.

A temperatura da água será sempre aquela que você usaria na banheira – morna, e o segredo é testá-la na parte de dentro do seu braço, onde a pele é tão sensível quanto a pele dos bebês.

E como deve ser o banho de balde?
  1. O primeiro cuidado é limpar o bebê como se faz quando se troca a fralda, com algodão ou lenço umedecido.
  2. Para colocar o bebê no balde, é importante criar um apoio para o corpinho dele. Encaixe uma das mãos entre as pernas do bebê e com a outra apoie a cabecinha dele, colocando-o no balde. O movimento natural é que o bebê se sente encaixado no balde.
  3. O nível da água deve estar no máximo até o ombro do bebê e a temperatura, morna.
  4. Suas mãos devem sustentar a cabeça do bebê o tempo todo. Jamais deixe o bebê sozinho no balde, mesmo quando ele já sustentar a cabeça sem apoio.
  5. Aproveite este momento! Muitas mães gostam de aproveitar esse momento do banho de balde para fazer massagens relaxantes no bebê.

























Dicas importantes:
  • O bebê pode chorar no primeiro banho, mas se a mãe demonstra segurança, ele também se sentirá seguro. Quanto mais cedo o bebê começar a tomar banho de balde, melhor para a adaptação.
  • O relaxamento desse banho de imersão comprovadamente diminui as cólicas no bebê – massagens como a shantala podem ajudar bastante nesse aspecto.
  • O melhor horário para o banho de imersão é à noite, para que o bebê se acostume a tomar banho, mamar e dormir, criando uma rotina que beneficiará a toda a família. Há muitos relatos de bebês que, inclusive, dormem durante o banho, de tão relaxados que ficam!
Fonte Clube do lar
Ana Luiza com 1 ano e 4 m

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, estou imensamente grata pela sua visita.
Deixe seu comentário, o seu olhar também melhora o meu.
Forte abraço,
Volte Sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...